O sonambulismo é um transtorno do sono que consiste basicamente em levantar-se da cama, andar ou praticar algum tipo de atividade enquanto ainda está dormindo. Em termos médicos, o sonambulismo é um distúrbio do sono em que as funções motoras da pessoa despertam, mas sua consciência permanece inativa. Trata-se, portanto, de um despertar desequilibrado do cérebro.

Estima-se que cerca de 1 a 15% da população mundial tenha tido pelo menos um episódio de sonambulismo.

Por ser muito comum, hoje em dia o sonambulismo não é mais caracterizado como um distúrbio do sono propriamente dito, mas sim como uma variação dele. Além disso, o sonambulismo é identificado principalmente pelo vai-e-vem pela casa, pode incluir ainda conversas e acontece na primeira metade da noite. Pode durar pouco tempo ou até 40 minutos e se repetir ao longo da noite. Durante esses episódios, a pessoa apresenta uma redução do estado de alerta, um olhar vazio e uma relativa ausência de resposta à comunicação com outras pessoas.

Causas

As causas exatas do sonambulismo ainda não foram totalmente esclarecidas. No entanto, os médicos apontam para uma série de fatores que podem aumentar as chances de uma pessoa vir a desenvolver episódios de sonambulismo – principalmente durante a noite. Veja:

  • Ficar sem dormir por longos períodos
  • Fadiga
  • Estresse
  • Depressão
  • Ansiedade
  • Febre
  • Mudanças súbitas na rotina de sono
  • Determinados medicamentos
  • Ingestão de bebidas alcoólicas

Sintomas de Sonambulismo

O sonambulismo é classificado como uma parassonia – um comportamento ou experiência indesejável durante o sono.

Os episódios de sonambulismo geralmente ocorrem no início da noite, muitas vezes uma ou duas horas depois de adormecer, e é menos provável que ocorra durante cochilos, por exemplo. Um episódio de sonambulismo pode ocorrer rara ou frequentemente, podendo durar de poucos minutos a até quase uma hora.

Uma pessoa sonâmbula pode:

  • Sair da cama e caminhar pelo quarto
  • Sentar-se na cama e abrir os olhos
  • Apresentar expressão vaga nos olhos
  • Fazer atividades rotineiras, como se vestir, falar ou preparar um lanche
  • Não responder ou não se comunicar com os outros quando é chamada
  • Ser difícil de acordar durante um episódio de sonambulismo
  • Apresentar rápida desorientação ou confusão depois de ter sido despertado
  • Voltar rapidamente ao sono
  • Não se lembrar de absolutamente nada quando despertar normalmente de manhã
  • Apresentar estresse, mau humor e sono diurno em decorrência das perturbações durante a noite
  • Apresentar terrores do sono

Raramente, uma pessoa com sonambulismo:

  • Sai de dentro de casa
  • Dirige
  • Apresenta algum tipo de comportamento incomum, como urinar dentro do armário
  • Tem relações sexuais sem estar consciente disto
  • Machuca-se caindo da escada ou saltando de uma janela, por exemplo
  • Adquire comportamentos violentos durante os episódios
  • É violenta ou agressiva logo depois de despertar

Tratamento de Sonambulismo

Como o sonambulismo é tipicamente observado em crianças, não há tratamentos indicados. O ideal é que os pais tomem cuidado com a criança e com o ambiente em que ela pode circular durante a noite para garantir sua segurança. É uma fase que a criança vive e que, geralmente, passa com o passar dos anos.

Apenas quando os episódios de sonambulismo são muito frequentes e podem influenciar no dia a dia da criança e da família, alguns medicamentos específicos podem ser prescritos pelo médico.